Comunicado de Imprensa

Parceria entre a Lusa e a Priberam alargada ao FLiP

As ferramentas da Priberam foram integradas com o LUNA – Lusa News Asset – o sistema em que são escritas e distribuídas todas as notícias

Lisboa, 19 de Fevereiro de 2013 – O FLiP, da Priberam, especialista no processamento computacional da língua portuguesa, foi adoptado pela Lusa como ferramenta de revisão e auxílio à escrita, substituindo o corrector até agora utilizado. Este fornecimento foi feito ao abrigo do acordo de parceria celebrado o ano passado entre a Lusa e a Priberam e que teve como primeiro resultado, em Setembro do ano passado, a tradução para português dos códigos IPTC que desde então está disponível no site desta organização.

Tal como já aconteceu noutros grandes produtores de conteúdos escritos, o FLiP instalado na Lusa é uma versão específica que tem em conta, nomeadamente, o prontuário da Lusa e que foi configurado por forma a garantir coerência da grafia utilizada por todos os jornalistas.

Para Carlos Amaral, CEO da Priberam “apesar de os órgãos de comunicação social mais relevantes em Portugal já utilizarem o FLiP, com a adopção do mesmo pela Lusa, a maioria das notícias escritas no nosso país passam a ser verificadas por este produto da Priberam. O mesmo acontece com o Diário da República e o Jornal Oficial da União Europeia, bem como com uma importante parte do mercado de edição portuguesa, já que autores, tradutores e revisores também usam o FLiP.”

A integração do FLiP com o LUNA, que complementa a de outras tecnologias de língua da Priberam como a classificação automática de notícias, representa uma mais-valia importante para o sistema desenvolvido pela ATC, que poderá em breve ser comercializado noutros países da CPLP.

Para Paulo Nogueira dos Santos, Director Técnico da Lusa, “o uso generalizado do FLiP e a sua completa integração com o LUNA vêm permitir à Lusa uma maior garantia na uniformidade dos vocábulos em uso e do nosso prontuário, por parte de todos os jornalistas da empresa.”

Também no Brasil, o FLiP é usado diariamente no Grupo Folha, um dos maiores grupos de média naquele país.

Para mais informações: www.flip.pt e www.newsasset.com.

Sobre a Priberam:

A Priberam surge no ano de 1989 e conta mais de 20 anos de histórias e sucessos alcançados. É uma empresa especialista na concepção e desenvolvimento de software e conteúdos digitais, disponibilizando produtos e serviços em quatro áreas distintas: processamento computacional da língua, sistemas de gestão de conhecimento jurídico, motores de pesquisa semânticos e saúde.

Do seu leque de produtos destacam-se o FLiP, um conjunto de ferramentas linguísticas para escrita correcta da língua portuguesa e ainda o LegiX, uma família de soluções para pesquisa da legislação, jurisprudência e doutrina.

A Priberam foi a primeira empresa em Portugal a ser reconhecida como Gold Certified Partner pela Microsoft, sendo a única empresa que desenvolve software e conteúdos que são incluídos em produtos comercializados por esta multinacional. Mais recentemente foi a vez de a Amazon e a Kobo licenciarem conteúdos da Priberam para serem incluídos nos leitores de ebooks vendidos em todo o mundo.

A Priberam integra a Rede de Pequenas e Médias Empresas Inovadoras COTEC desde 2007 sendo ainda PME Líder desde 2009.

Sobre a Lusa:

A Lusa é a maior agência noticiosa de língua portuguesa no mundo. Nasceu em 1987, pela fusão das duas agências de notícias existentes no país (ANOP e NP). A Lusa está presente com os seus jornalistas em mais de 25 países nos vários continentes, fazendo a cobertura noticiosa de todo o tipo de eventos e acontecimentos, através da produção de conteúdos na forma de texto, fotografia, vídeo, áudio e infografia.

A Lusa distribui os seus conteúdos a praticamente todos os media existentes em Portugal (jornais, revistas, televisões, rádios, portais internet etc.), a outras agências internacionais, meios de comunicação dos países da CPLP e de locais com importantes comunidades de emigrantes portugueses.

A Lusa ganhou o “Prémio de Excelência e Qualidade de Trabalho 2010” atribuído pela EANA – European Alliance of News Agencies. O prémio, entregue em Genebra ao Director Técnico da Lusa, Paulo Nogueira dos Santos, significa o reconhecimento da EANA pelo trabalho de modernização e de inovação da Lusa na convergência de noticiário multimédia em múltiplas plataformas com significativa redução de custos.



19-02-2013